Weddings / Casamentos Recife- PE

Romana e Rafael

Para quem não acredita em clichês como “amor à primeira vista”, “a tampa e a panela”, este é o momento de você saber que está errado. 

A história de Romana e Rafael, sem dúvidas, é uma clara demonstração de que clichês, de fato, existem. Eles se conheceram no início de 
2011, na sala de reuniã o do escritório de Romana, ( a mesma do ensaio pré!!!!) " garoto esperto!!! quando Rafael precisou da uma 
consultoria jurídica para assuntos relacionados ao meio ambiente.A admiração foi crescendo, crescendo... até que, dois anos depois, 
em abril de 2013, eles se reencontraram, agora sem “desculpas” profissionais. No começo, segundo relato, o clima ainda era meio 
constrangedor, mas, assim que o primeiro “desarmou”, não precisou mais de uma semana para o namoro engatar.Maio, Junho, Julho, 
Agosto, Setembro... Outubro: Romana já havia marcado uma viagem com os amigos para a Europa.Havia chamado Rafael alguns meses 
atrás para lhe acompanhar nessa aventura e ele, sem titubear, aceitou! "Mais esperto ainda!!" Chegando lá, jantaram, brindaram e, ao 
final, Rafae l se aproximou de Romana e começou a conversar com ela. Sem desconfiar de absolutamente nada, Romana achou que se 
trataria de uma linda declaração de amor, até que... O ANEL DE BRILHANTE APARECEU! Segundo relato do noivo, Romana achava que 
era um “anel de compromisso”, até que, formalmente, ele a pediu em casamento e foi quando ela entendeu (ou não) tudo o que estava 
acontecendo. Nem preciso dizer o quanto a noivase emocionou (soube até que havia maquiagem no queixo!).Quem conhece o casal 
afirma com propriedade que um é a tampa e o outro a panela. Tem gente, inclusive, que até acham eles com jeito de irmãos, de tão 
parecido que são. Agora me digam: clichês não existem?Enfim, sei que o texto é longo mais vale a pena ler!! uhaua Romana Zaidan e Rafael Pimenta Bueno
tenho que agradecer a vocês por confiar a mim o dia D!! de vocês meu muito obrigado.